Nexera aprimora infraestrutura de ponte com integração CCIP da Chainlink – Genfinity

Nexerauma força pioneira no domínio da inovação e tokenização de blockchain, orgulhosamente anunciou um significativo aprimoramento de sua ponte Nexera

João Portela

João Portela

Olá me chamo João portela e vou te guiar no universo das criptomoedas


Nexerauma força pioneira no domínio da inovação e tokenização de blockchain, orgulhosamente anunciou um significativo aprimoramento de sua ponte Nexera a infraestrutura. Esta atualização foi possível através da integração do protocolo de interoperabilidade entre cadeias (CCIP) da Chainlink, um movimento destinado a revolucionar as transações entre cadeias.

X.com

A promessa da tokenização entre cadeias

A tokenização de ativos digitais e do mundo real é uma pedra angular na evolução da tecnologia blockchain. Com as projeções indicando um aumento significativo no valor dos ativos ilíquidos tokenizados, a procura por interoperabilidade entre cadeias torna-se cada vez mais pronunciada. Notavelmente, em 2024, o cenário de tokenização testemunhou um crescimento notável, como evidenciado por Último relatório da CoinGecko. Os tokens garantidos por commodities atingiram uma capitalização de mercado de US$ 1,1 bilhão, refletindo a confiança dos investidores nos investimentos em ativos tangíveis.

Além disso, os produtos de tesouraria tokenizados registaram uma taxa de crescimento explosiva de 641%, atingindo mais de 861 milhões de dólares, com pesos pesados ​​financeiros como Franklin Templeton a liderar o ataque. Apenas uma amostra dessas estatísticas ressalta o cenário em evolução da tokenização e dos ativos do mundo real. A tokenização está a remodelar paradigmas de investimento e a promover um ecossistema financeiro mais inclusivo e dinâmico.

No entanto, em meio ao boom da tokenização, as preocupações com a segurança são grandes, exemplificadas por casos anteriores de roubo resultantes de vulnerabilidades de pontes entre cadeias. Para desbloquear totalmente o potencial dos ativos tokenizados, são imperativas medidas de segurança robustas.

Capacitando o Futuro: Integração da CCIP da Nexera

CCIP, ou Protocolo de interoperabilidade entre cadeias da Chainlink, destaca-se como uma solução formidável para atualizar a Nexera Bridge, oferecendo uma abordagem multifacetada para segurança e transferências contínuas de tokens. Aproveitando as redes oráculo padrão do setor da Chainlink, o CCIP fornece segurança de defesa profunda, garantindo que as transações sejam executadas de maneira confiável em todas as cadeias. Com camadas adicionais de proteção através da Rede de Gestão de Riscos e limites de taxa de transferência, o CCIP oferece um mecanismo de defesa robusto contra vulnerabilidades potenciais, estabelecendo um alto padrão para protocolos de interoperabilidade.

Além disso, as transferências programáveis ​​de tokens do CCIP capacitam os desenvolvedores com flexibilidade incomparável, permitindo-lhes especificar instruções para uso de tokens na chegada à cadeia de destino. Essa programabilidade não apenas agiliza as transferências de tokens, mas também melhora a capacidade de composição de tokens, permitindo que a Nexera dimensione sua base de usuários sem esforço. Como uma interface única e fácil de integrar, o CCIP integra-se perfeitamente à infraestrutura existente, proporcionando uma experiência unificada ao desenvolvedor entre cadeias.

Finalmente, a sua natureza extensível garante a preparação para o futuro, com atualizações contínuas para suportar novas blockchains e funcionalidades melhoradas. Ao adotar o CCIP, a Nexera pode fortalecer sua infraestrutura de ponte com segurança de nível 5, ao mesmo tempo que libera todo o potencial da tokenização entre cadeias.

Posteriormente, o CCIP da Chainlink surge como um farol de segurança e eficiência no domínio da interoperabilidade entre cadeias. Posicionado como o único protocolo que oferece segurança de nível 5, o CCIP introduz mecanismos de segurança inovadores, incluindo limites de taxas personalizáveis ​​em transferências de tokens e uma rede de gerenciamento de risco dedicada. Esta integração equipa usuários e desenvolvedores com um arsenal formidável, permitindo-lhes aproveitar as proezas de segurança do CCIP enquanto aproveitam a plataforma de ponte contínua da Nexera.

Nas palavras de Rachid Ajaja, CEO e fundador da Nexera, “A integração do protocolo de interoperabilidade entre cadeias (CCIP) da Chainlink em nossa ponte Nexera aumenta significativamente os protocolos de segurança, ao mesmo tempo que simplifica as transações entre cadeias para os usuários. Ele também permite que os desenvolvedores criem aplicativos omni-chain com mais facilidade usando nosso SDK abrangente.”

Olhando para o Futuro: Pioneirismo no Futuro da Web3

A integração da Nexera com o CCIP da Chainlink representa um divisor de águas na jornada em direção a um cenário Web3 mais acessível e seguro. À medida que a infraestrutura da ponte passa por transformação, a equipa da Nexera permanece firme no seu compromisso de promover a inovação e o crescimento da comunidade no espaço dos ativos digitais.

Fique ligado para mais informações sobre as atualizações técnicas da Ponte Nexera, prometendo um futuro marcado por interoperabilidade e segurança incomparáveis!

*Isenção de responsabilidade: o conteúdo de notícias fornecido pela Genfinity destina-se apenas a fins informativos. Embora nos esforcemos para fornecer informações precisas e atualizadas, não oferecemos aconselhamento financeiro ou jurídico de qualquer tipo. Os leitores são incentivados a realizar suas próprias pesquisas e consultar profissionais qualificados antes de tomar qualquer decisão financeira ou jurídica. A Genfinity se isenta de qualquer responsabilidade pelas ações tomadas com base nas informações apresentadas em nossos artigos. Nosso compromisso é compartilhar conhecimento, fomentar a discussão e contribuir para uma melhor compreensão dos temas abordados em nossos artigos. Aconselhamos aos nossos leitores que tenham cautela e diligência ao buscar informações ou tomar decisões com base no conteúdo que disponibilizamos.





Fonte da Matéria Original em Inglês

Veja mais no coinscope